quarta-feira, 7 de setembro de 2011

As vénias nos comboios japoneses

2003/04

O Japão é uma terra muito característica. Com isto quero dizer que, quando pensamos naquela nação, conseguimos "isolar" um conjunto de coisas que temos como imediatamente reconhecíveis como fazendo parte da "alma japonesa". Há-as de tipo estético, culinário, comportamental, etc.

As vénias não são, nem de longe, únicas do Japão mas as situações em que elas são feitas, essas, já têm uma marca muito própria...

Nos comboios japoneses (esse exemplo de absoluta pontualidade), há dois tipos de funcionários que circulam constantemente pelas carruagens: os revisores e as vendedoras de comida. Ambos fazem vénias sempre que entram numa carruagem e, depois, ao chegarem ao fim da mesma, viram-se e fazem outra vénia, ou seja, se uma composição tiver, digamos, cinco carruagens, um funcionário faz, pelo menos, oito vénias em cada passagem (nos vagões dos extremos calculo que não se verguem junto das paredes). E isto é feito sem que alguma vez falhe já que cumprimentar os passageiros/clientes é um ato de básica cortesia e respeito.

Pergunto-me se os ortopedistas terão muitos funcionários da JR (Japan Rail) entre os seus clientes...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Textos relacionados