domingo, 18 de setembro de 2011

Pousando com estranhos

Eu e a minha irmã esperávamos um voo para Hong Kong, calmamente sentados no aeroporto de Kuala Lumpur. Quando nos levantámos para ir em direção aos portões de embarque, um homem levantou-se e veio pedir para tirar uma fotografia connosco. Assim, sem mais nem menos. Ficámos sem saber o que dizer já que a situação era absolutamente estranha. O indivíduo colocou-se ao meu lado e outro homem que estava com ele tirou uma fotografia. Depois, colocou-se ao lado da minha irmã e... nova chapa. Agradeceu rapidamente e sumiu-se, juntamente com o companheiro (que mantinha um ar muito sério), enquanto nós olhávamos embasbacados..

Ficámos ali, tentando perceber que raio tinha sido aquilo. A minha irmã aventou uma explicação "paternalista", dizendo que alguns asiáticos gostavam de tirar fotografias com ocidentais para, depois, dizerem que eram seus conhecidos (como se isso lhes desse um estatuto especial) mas depois, pensando melhor, optou pela teoria da conspiração ligando aquela estranha ocorrência a alguns eventos à volta da questão de Timor Leste (então, em crescendo de contestação a nível internacional) e que tinham envolvido portugueses naquela zona do mundo. Supostamente, nós poderíamos ser suspeitos e os homens das fotografias seriam agentes malaios a controlarem-nos...

É claro que nunca soubemos que raio foi aquilo mas não deixo me perguntar, de vez em quando, o que raio terá acontecido com as nossas imagens.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Textos relacionados