Apresentação

Uma viagem é muita coisa ao mesmo tempo: é a fuga, o desejo, a busca ou, simplesmente, um passar de tempo. Independentemente do que nos faça soltar amarras, é aquilo em que se transforma o caminho que nos deixa as recordações que esperamos guardar e partilhar.

Não há viagens nem tipos de férias melhores do que outros. Nem um "viajante" é melhor ou mais puro nos seus passos do que um "turista". O mundo tem tanto para nos mostrar e dar, tantas sensações para nos proporcionar, que é um erro querermos acantonar-nos numa qualquer categoria que desejemos ver como mais merecedora das delícias da descoberta.

Por mim, tudo é válido. É onde se vai, é aquilo que se vê, é aquilo que se prova que dá valor a uma viagem e não propriamente o formato na qual ela seja feita. Em todo o lado podemos dar de caras com um daqueles momentos inesquecíveis que nunca mais queremos largar e pouco importa se é num hotel rodeados de todos os confortos ou no meio de um ermo desesperadamente longe do que nos habituámos a entender como "a civilização".

O essencial, mesmo, é partir.

Faço este blog para, de forma descomprometida, deixar as histórias e as historietas de passeios e viagens que fiz. Pelo prazer da escrita, pelo gosto da partilha, pela necessidade de guardar a memória das coisas.

Divirtam-se porque, eu, já o fiz. :)


                                                                               Rui Franco




Textos relacionados